1º de Maio por Emprego, Direitos e Justiça Social

Nota à Comunicação Social nº 29/05

Em cerca de 50 localidades
1º DE MAIO POR EMPREGO, DIREITOS E JUSTIÇA SOCIAL

A CGTP-IN, através das suas estruturas regionais, assinala o 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, com manifestações, concentrações, convívios e iniciativas culturais, desportivas e lúdicas em cerca de 50 localidades do continente e das regiões autónomas. 

Sob o lema “Emprego, Direitos e Justiça social”. muitos milhares de trabalhadores, de reformados e de jovens sairão, nesse dia, às ruas para reclamarem a concretização de 10 medidas que a CGTP-IN reputa de prioritárias. São elas:

Revogação e/ou revisão das normas gravosas do Código do Trabalho e respectiva regulamentação

Revisão do regime de apoio judiciário e do Código das Custas Judiciais,

Alteração da Lei de Bases da Segurança Social

Aumento real dos salários, com actualização mais acentuada do salário mínimo nacional

Atribuição de prioridade ao sistema produtivo

Combate ao desemprego, à precariedade, ao trabalho ilegal e ao nivelamento por baixo das condições de trabalho, proposto pelo projecto de directiva comunitária Bolkestein

Regresso dos hospitais S.A. ao sector público administrativo

Alargamento da base tributária, em articulação com o combate à fraude e evasão fiscal

Mais e melhor escola pública

Fim das políticas de privatizações.

Em Lisboa, realiza-se, na parte da manhã, às 10 horas, a tradicional Corrida Internacional do 1º de Maio (15 km), com partida e chegada no Estádio 1º de Maio. À tarde, a partir das 15 horas, haverá desfile entre o Estádio 1º de Maio e a Alameda da Cidade Universitária, onde será promovido um comício sindical que terá como orador principal o secretário-geral da CGTP-IN, Manuel Carvalho da Silva. A acção terminará com um espectáculo de música popular portuguesa pelo grupo “Cais da Saudade”. 

No Porto, haverá igualmente uma prova de atletismo na parte da manhã, às 9 horas, e um comício às 15 horas, na Praça da Liberdade, onde intervirá, entre outros, João Torres, coordenador da União dos Sindicatos do Porto. A actuação do grupo musical “Quadrilha” encerrará as comemorações nesta cidade.

Lisboa, 2005-04-29 DIF/CGTP-IN